domingo, 18 de abril de 2010

PIMENTA CUMARI VERDADEIRA





Origem: Brasil.
Pimenta Cumari Verdadeira
Nome científico: Capsicum baccatum, var. baccatum e var. praetermissumGrau de Ardência: 220.000Cor: Verde (imaturo), vermelha e alaranjada (madura)Tamanho: 0,4 a 1,3 x 0,3 a 0,7 cmFormato: Arredondado a ovalado, com ápice arredondadoPungência: Picante alto. SHU= 15.000 a 30.000Aroma: BaixoÉ uma pimenta pequenina, muito picante, ligeiramente amarga e baixo aroma. Nativa da mata brasileira apresenta frutos arredondados ou ovalados, verde (imaturos) e vermelho (maduros). Encontra-se fresca ou em conserva.
Variedade semidomesticada, endêmica no sudeste e centro-oeste do Brasil, onde também é conhecida por Passarinho, Cumari-Miúda, Comari e Pimentinha. Antes era classificada como sendo uma variedade da espécie C. baccatum (C. baccatum var. praetermissum), mas hoje é reconhecida internacionalmente como uma espécie à parte, sendo classificada como C. praetermissum. O nome ‘cumari” deriva do Tupi, e quer dizer “o prazer do gosto”, em referência ao uso que os índios faziam dela como tempero.
A planta possui um visual agressivo, com pelos nas hastes e folhas, que são verdes escuras, podendo atingir 1,80 a 1,90 de altura em sua região de origem.
Suas flores são inconfundíveis, em número de duas por nó (podendo ser 3), são originalmente brancas, com manchas amareladas ou esverdeadas na base de cada lóbulo das pétalas e uma faixa lilás-violeta margeando a corola, tendo ao centro anteras amarelas. Assumem posição ereta na antese.
Seus frutos são decíduos (caem quando maduros). Assumindo posição ereta, brotam às centenas, fazendo a festa dos passarinhos que os devoram com avidez e são os grandes responsáveis pela disseminação de suas sementes na natureza. São muito pungentes, com uma graduação de 220.000SHU na escala de calor. Possuem formato oval ou arredondado, nas dimensões de 0,4 a 1,3 cm de comprimento por 0,3 a 0,7 cm de diâmetro. Possuem coloração verde (imaturo), passando por tonalidades alaranjadas, até atingir o vermelho vivo (maduro), quando desenvolvem uma polpa aquosa pouco firme. Suas sementes germinam relativamente fácil quando são frescas, mas após a secagem, entram em dormência, com germinação lenta e difícil.
Na culinária é usada quase que exclusivamente em conservas de frutos inteiros no vinagre, com a preferência por frutos verdes, por serem de consistência mais firme. O consumo de frutos frescos deve ser feito logo após a colheita, pois deterioram com facilidade.
A vermelha é rara, pois os passarinhos, que são imunes à picância, quase não deixam ela amadurecer.



EXTRA:


Cumari-flor.jpg

CUMARÍ VERDADEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário